O que mais dói não é não ter acontecido, é você sempre imaginar como teria sido se tivesse acontecido.

sinceresmile

"Um homem tinha um cachorro. Todos os dias esse homem levava o cachorro até um lago para buscar água, e o cão latia furiosamente para o lago, como se estivesse com raiva dele. Por fim, o homem ficou muito aborrecido com o cão por latir e ralhou com ele: "Cachorro mau! Pare de latir para a água. É apenas água." Para a surpresa dele, o cachorro o encarou e começou a falar. E disse: "Em breve, a tempestade virá. O nível das águas se elevará e todos se afogarão. Você pode salvar sua família construindo uma jangada, mas primeiro terá que me sacrificar. Você precisa me jogar na água. Quando protestou, o cão disse: "Se não acredita em mim, olhe minha nuca. Já estou morto." Ele agarro o cachorro pela nuca e viu que a pele e o pelo já estavam se soltando. Debaixo deles, só havia ossos. O cachorro era um cão-esqueleto. Assim, com lágrimas nos olhos, o homem se despediu de seu irritante cão-esqueleto e o atirou na água, e o animal afundou na mesma hora. O homem construiu uma jangada e, quando veio a enchente, ele e a família sobreviveram. Quando a tempestade passou e a jangada atracou, o homem e sua família eram os únicos sobreviventes. Ele podia ouvir sons vindos do outro lado de uma colina, como se milhares de pessoas rissem e dançassem, mas, quando chegou no topo, não viu nada além de ossos cobrindo o solo… os esqueletos de todas as milhões de pessoas que haviam morrido afogadas. Ele se deu conta de que os fantasmas dos mortos dançavam. Aquele fora o com que ouvira." 







homeaskmeus textos sobrelivros




O Signo dos Quatro
Elementar meu caro Watson!
© theme